Fotos de algas pardas



OS SERES VIVOS
REINO DAS PLANTAS
Algas pluricelulares, vegetais sem уrgгos especializados

 

Alga й uma palavra que vem do latim e significa "planta marinha". Mas nem todas as fotos de algas pardas espйcies de algas sгo plantas na atual classificaзгo dos seres vivos e nem todas elas vivem no mar. Uma caracterнstica comum em todas elas й a presenзa de clorofila em suas cйlulas.

Jб vimos em capнtulos anteriores, as cianofнceas (algas azuis), no reino das moneras, e tambйm as algas unicelulares eucariontes, no reino dos protistas. Aqui apresentamos as algas pluricelulares, classificadas dentro do reino das plantas.

Caracterнsticas:

As algas nгo possuem tecidos e уrgгos especializados. Sendo assim, nгo tem raiz, caule, folha e nem flor; seu corpo й um talo, e, por isso, sгo chamadas de talуfitas.

Existem algas pluricelulares de diferentes formas e tamanhos. Elas podem ter a forma de filamentos, lвminas ou ramos. Muitas vezes, tem a forma de uma folha. Mas, se as examinarmos no microscуpio, veremos que elas nгo apresentam a estrutura das folhas verdadeiras.
Como vivem:

As algas sгo encontradas em muitos lugares: nos mares, nos rios, nas lagoas, sobre pedras, troncos de бrvores e outras superfнcies muito ъmidas.

Elas podem viver fixas, por exemplo, no fundo dos mares, dos rios e sobre rochas. Podem tambйm flutuar na бgua; neste caso, podem possuir bolinhas como bуias e nгo as deixam afundar.

As algas absorvem os sais minerais de que precisam atravйs de toda a superfнcie de seu corpo.
Cor, fator de classificaзгo:

A cor de uma alga й dada por pigmentos especiais. Entre eles, destacam-se os seguintes exemplos:

  • clorofila - possui cor verde;

  • ficoeritrina - possui cor vermelha;

  • fucoxantina - possui cor marrom.

De acordo coma predominвncia de um certo tipo de pigmento nas suas cйlulas, as algas podem ter vбrias cores. Assim, as algas pluricelulares compreendem as clorofнceas, rodofнceas e feofнceas.

                  ALGAS PLURICELULARES

Clorofнceas (algas verdes):

Por possuнrem clorofila, como pigmento predominante em suas cйlulas, as clorofнceas sгo verdes. Este grupo compreende muitas espйcies, que sгo predominantemente aquбticas, podendo viver em бgua salgada e em бgua doce.

Como exemplo, podemos citar as algas marinhas do gкnero Ulva, que possuem representantes comestнveis e chamados de alfaces-do-mar.

Rodofнceas (algas vermelhas):

As rodofнceas possuem bastante ficoeritrina, embora tenham tambйm clorofila. Sгo algas vermelhas e geralmente macroscуpicas e marinhas, mas existem formas que vivem na бgua doce. Entre as algas vermelhas, existem formas comestнveis, como as algas do gкnero Porphyra.
Feofнceas (algas pardas ou marrons):

As feofнceas possuem bastante fucoxantina e sгo geralmente macroscуpicas e marinhas. Sгo as algas pardas ou marrons. Algumas espйcies podem medir mais de 50 metros de comprimento.

A alga parda Laminaria й um exemplo de alga comestнvel; assim como os demais exemplos de algas comestнveis, essa alga й bastante consumida como alimento, principalmente pelos povos orientais.

 

Reproduзгo das algas:

As algas podem se reproduzir de forma sexuada ou assexuada.

A reproduзгo assexuada se dб, principalmente, atravйs de esporos. Outra forma de reproduзгo assexuada ocorre com pedaзos destacados da alga, que brotam originando novas algas.

A reproduзгo sexuada й feita atravйs dos gametas, que sгo trocados pelas algas.
As algas e o meio ambiente:

As algas oferecem importantes contribuiзхes ao meio ambiente.

Tanto as unicelulares quanto as pluricelulares realizam fotossнntese. Elas sгo responsбveis por mais de 70% do gбs oxigкnio liberado diariamente na Terra, principalmente as unicelulares flutuantes, que fazem parte do chamado fitoplвncton.

Assim, as algas sгo responsбveis, em grande parte, pela renovaзгo do oxigкnio do ar atmosfйrico e daquele que se encontra misturado na бgua, necessбrio aos seres aquбticos aerуbicos.

As algas tambйm constituem a fonte mais importante de alimento, direta ou indiretamente, para a grande maioria dos seres vivos aquбticos.
Algas ъteis:

Certas algas marinhas pluricelulares sгo excelentes fertilizantes. A Sargassum, uma feofнceas, й um exemplo de alga que, depois de ressecada e moнda, fornece um adubo muito rico em sais minerais diversos. Misturadas ao solo, essas algas o enriquecem com as substвncias necessбrias а vida das plantas.

Em certos paнses, como o Japгo, algumas algas sгo muito usadas na alimentaзгo humana. Nos restaurantes de dieta macrobiуtica й comum o consumo de algas.

As algas podem tambйm ser empregadas na indъstria como fontes de alginatos, muito importantes especialmente na indъstria de alimentos - como, por exemplo, dar consistкncia ao sorvete - e na fabricaзгo de cosmйticos, como sabonetes e pastas de dente.

As algas vermelhas do gкnero Gelidium fornecem uma substвncia chamada бgar, que й aproveitada como matйria-prima para remйdios, laxativos e gomas. O бgar й muito utilizado tambйm em laboratуrios e em faculdades, como meio de cultura para desenvolvimento de microrganismos. O бgar foi usado, na Grйcia antiga, como produto rejuvenescedor e, hoje, vem sendo usado na cicatrizaзгo de queimaduras.
As algas e a morte de peixes:

Como vocк sabe, muitas espйcies de algas vivem em бgua doce. Sгo muito comuns em lagos, represas e reservatуrios. Аs vezes, esses ambientes recebem grande quantidade de sais minerais usados como adubo na agricultura e que sгo levados atй eles pela бgua de chuvas. Outras vezes, descarregam-se nesses ambientes lixo, esgoto domйstico e resнduos industriais, materiais geralmente ricos em substвncias orgвnicas. Essas substвncias sгo decompostas por microrganismos, que liberam sais minerais diversos na бgua.

Nessas condiзхes, em presenзa de grande quantidade de sais minerais, certas algas superficiais podem se reproduzir intensamente, formando um "tapete" sobre a бgua. Esse "tapete" de algas dificulta a penetraзгo de luz na бgua, o que afeta a atividade fotossintetizante de algas submersas. Assim, as algas submersas deixam de fazer a fotossнntese e, portanto, deixam de liberar gбs oxigкnio. Isso provoca a morte de seres aerуbicos, como os peixes, por asfixia. Alйm disso, as algas submersas morrem em grande quantidade e sгo decompostas; a decomposiзгo libera na бgua substвncias tуxicas e malcheirosas, tornando-a imprуpria para o consumo. Esse fenфmeno tem ocorrido em diversos locais no Brasil, como na represa Guarapiranga, na cidade de Sгo Paulo, e na lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro.

O gбs oxigкnio produzido pelas algas do "tapete" superficial й liberado, praticamente em sua totalidade, para a atmosfera.

FALE CONOSCO ==>



Related News


Fotos de carros alegoricos de navidad
Fotos de paisajes en venezuela
Fotos de animales que viven en la selva
Fotos de nora torrero
Formiga minas gerais fotos